fbpx

A Blockchain é uma inovação recente que até então não havia sido destinada para outros setores além da internet.

A tecnologia se tornou inerente ao nosso cotidiano, se integrando de tal forma que só percebemos a falta dela quando há alguma falha.

O comércio exterior brasileiro já conta com diversos sistemas informatizados e desde 2017 está sendo desenvolvido o novo portal do Siscomex para trazer inovações e maior agilidade.

Ainda assim a tecnologia dentro do comércio exterior não avança da forma rápida que deveria e isso ainda provoca muitos problemas de segurança e comunicação.

Pensando exatamente em suprir essa deficiência a Blockchain está começando a ser direcionado e adaptado para outras áreas, como a logística internacional.

O que é Blockchain?

A Blockchain é a tecnologia dos Bitcoins! Funciona como um banco de dados onde todas as operações que são feitas em criptomoedas ficam registradas.

Qualquer transação que ocorre nessa plataforma fica gravada de forma permanente, não é possível apagar ou alterar nenhuma registro.

O objetivo é exatamente garantir a segurança e assegurar que as operações aconteçam as claras.

 

Como funciona a Blockchain?

Como o próprio nome diz, estamos falando de uma cadeia de blocos, essa cadeia funciona da seguinte forma:

  1. Cada transação gera um código único e exclusivo (assinatura digital)
  2. A verificação das informações de cada transação fica a cargo de uma categoria de usuários que chama-se mineradores (é a etapa mais importante para evitar fraudes)
  3. Aprovação da transação
  4. Incorporação a um bloco e integração a Blockchain
  5. Operação efetivada

 

O que faz a Blockchain ser tão segura?

A Blockchain tem diversos níveis de segurança.

3 níveis de Criptografia

  • Assinatura digital em cada transação
  • Cada bloco possui uma assinatura criptográfica específica
  • Cada bloco carrega não só a sua assinatura, mas também a do bloco anterior

Para acessar as informações contidas em um bloco, será preciso decifrar a criptografia dele e também do bloco anterior. Como tudo está ligado como uma corrente, esse processo teria que ser feito sucessivamente e praticamente não teria fim.

Operações diferenciadas

  • Vigilância dos mineradores para evitar fraudes
  • As informações não ficam registradas em apenas um servidor, em vez disso, todas as informações da blockchain estão distribuídas entre os diversos computadores ligados a ela

Para fraudar a blockchain seria preciso alterar os dados registrados em cada um dos diversos computadores ligados à rede. Essa fraude exigiria que o computador do hacker tivesse uma capacidade de processamento maior do que o total de todos os computadores existentes hoje. Algo que não seria possível atualmente.

O que o Blockchain tem a ver com a Logística Internacional?

O Blockchain está na mira de diversas outras áreas do mercado devido ao seu nível de segurança, se tornando uma ferramenta promissora para registro de transações de todas as espécies, inclusive quando se trata de logística internacional.

Gigantes como a IBM, Cisco e Lenovo estão unindo forças para desenvolver uma nova rede de Blockchain voltada para esse tema.

 

Quais os benefícios do  Blockchain para a logística internacional?

O Blockchain além de representar mais segurança, também proporciona maior agilidade:

  • Facilidade no pagamento entre países
  • Registro de tomadas de decisões em caráter de exceção, ou seja, tudo que for feito fora dos “padrões” ficará registrado
  • Compartilhamento dos processos aduaneiros individuais de cada país em um ambiente onde todos possam ter acesso
  • Compartilhamento de informações de toda a cadeia logística
  • Redução de tempo no envio de documentos
  • Maior segurança para os documentos transacionais

Embora o Blockchain para a Logística Internacional seja uma proposta promissora ainda há muitos passos a serem dados e um deles é enfrentar a resistência de vários países a essa tecnologia, já que muitos serviços que hoje o estado presta se tornariam obsoletos.

Quer saber mais sobre logística internacional e tecnologia? Continue acompanhando nosso blog!