fbpx

As formas de pagamento na importação para muitos ainda é um campo desconhecido. Porém a atenção nesse item deve ser redobrada.

Para que os riscos nessas transações sejam minimizados foram criados algumas formas de pagamento na importação.

As principais formas de pagamento na importação

É importante avaliar as formas de pagamento na importação e definir quais oferecem maiores vantagens ao seu negócios.

 

Pagamento antecipado na importação

O nome já é auto explicativo!

Nessa forma de pagamento na importação, o importador paga de forma antecipada ao fornecedor, antes mesmo do embarque, que só é realizado após o total pagamento.

 

Etapas do pagamento antecipado na importação

  • Emissão de fatura proforma pelo exportador
  • O importador envia a remessa internacional de acordo com a fatura proforma via banco
  • Quando o pagamento é confirmado, o exportador embarca a carga

 

Prós do pagamento antecipado

Em casos em que há previsão de elevação de preços é interessante usar esse método de pagamento e garantir um melhor custo.

 

Contras do pagamento antecipado

Aqui o importador assume todos os riscos. Se não houver uma relação de confiança com o fornecedor não há garantia nenhuma do recebimento da carga.

 

Remessa sem saque na importação

A remessa sem saque acontece quando o exportador embarca a mercadoria e emite a documentação e a fatura diretamente ao importador.

 

Etapas da remessa sem saque na importação

  • Emissão fatura comercial com as condições de pagamento
  • Embarque da carga
  • Envio de documentos ao importador
  • O pagamento é feito conforme as condições negociadas entre as partes

 

Prós da remessa sem saque

Para o importador essa é uma boa forma de pagamento na importação, pois os riscos ficam a cargo do fornecedor.

 

Contras da remessa sem saque

Aqui você também não tem nenhuma garantia que a carga será enviada, o que pode gerar atrasos em sua operação.

 

Cobrança documentária na importação

Essa é uma das formas de pagamento na importação que é intermediada por um banco. Lembrando que o banco não tem responsabilidade de garantir o pagamento.

 

Etapas da cobrança documentária na importação

  • O exportador envia a documentação a um banco no país do importador
  • O importador efetua o pagamento no banco ou em casos de pagamento a prazo assina o saque (reconhecimento de dívida)
  • A carga é embarcada
  • O importador recebe a documentação da carga para realizar o desembaraço aduaneiro

 

Prós da cobrança documentária

Comprometimento maior entre as partes.

 

Contras da cobrança documentária

Aqui não há grandes riscos ao importador.

 

Carta de crédito na importação

Das formas de pagamento na importação essa é considerada a mais segura para ambas as partes. A carta de crédito é um documento bancário que garante ao importador um crédito para pagamento.

 

Etapas da carta de crédito na importação

  • Importador solicita crédito ao banco e se compromete a realizar o pagamento
  • O banco emissor se compromete a pagar o exportador
  • A carga é embarcada e a documentação liberada
  • O banco envia o dinheiro ao exportador
  • O importador liquida a dívida com o banco de acordo com as condições negociadas

 

Prós carta de crédito

É uma opção segura já que o pagamento só efeito após o embarque da mercadoria.

 

Contras da carta de crédito

O banco não garante que a carga corresponda ao que foi negociado.

Há o pagamento de taxas.

 

As formas de pagamento na importação são diversas e com certeza irão influenciar a sua negociação. Evite correr grandes riscos e analise bem as opções.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre formas de pagamento na importação entre em contato com  FIRST!