fbpx

Os desafios do transporte internacional de cargas são enfrentados diariamente pelos importadores.

Atuar com comércio exterior significa lidar com imprevistos, mesmo dentro de um planejamento considerado bem sucedido.

 

Nesse tipo de operação existem diversos fatores internos que podem influenciar no andamento do processo, com isso, em alguns casos, pode haver comprometimento dos prazos de entrega, variação do custo do frete e até mesmo avarias na carga.

Por isso é importante que você importador esteja ciente dos desafios do transporte internacional de cargas!

 

Quais são os principais desafios do transporte internacional de cargas?

 

Modais de transporte

Para a maioria dos casos do transporte internacional as mercadorias transitam por mais de um modal, que podem ser: aéreo, marítimo, rodoviário e ferroviário.

Para que os produtos deixem o local de coleta e sejam entregues no destino final é necessário um complexo planejamento.

O desafio aqui é manter perfeitas as transições entre os modais, visando baixo custo e maior agilidade. Do contrário podem haver variação no custo e também no tempo da entrega.

 

Choque Cultural

Negociar com clientes e fornecedores é sempre um fator delicado e igualmente importante. No transporte internacional de cargas essa características são acentuadas devido às diferenças culturais entre as partes.

Nem sempre o seu fornecedor terá a mesma visão de negócio que a sua empresa e o desafio aqui é evitar o choque cultural!

Para evitar esse tipo de contratempo é importante conhecer muito bem a cultura e formas de negociações do país fornecedor, para isso você pode contar com os serviços especializados da FIRST!

Garanta que todos os pormenores do transporte internacional de cargas estejam muito claros, desde impostos a recolher, leis reguladoras e até questões do governo.

 

Segurança no transporte internacional de cargas

É sempre importante ressaltar que qualquer tipo de carga deve ter seguro de transporte. Esse é um ponto essencial para que sua empresa não tenha prejuízo caso ocorra algum incidente.

Ter seguro basta!?

O seguro é uma proteção financeira, porém a carga ainda corre riscos! O desafio aqui é minimizar os riscos no transporte internacional de cargas.

Ao escolher o modal é importante planejar com cuidado a rota, por exemplo, quando o modal é rodoviário é interessante verificar: se há previsão de greves ou manifestações na região em que o transporte irá circular, condições das vias, trechos que podem haver roubo e etc.

Tomando esses cuidados a sua carga fica menos suscetível a incidentes pelo caminho.

Diante de tantos desafios complexos, administrar um planejamento de transporte internacional de cargas por conta própria pode ser uma tarefa árdua que não permita o sistema “tentativa e erro” sem gerar inúmeros prejuízos.

O ideal é contar com a assistência de uma empresa que seja especialista em comércio internacional!

 

Gostou de conhecer os desafios do transporte internacional de cargas?

Deixe seu comentário! A FIRST quer saber sua opinião!