fbpx

Modal Rodoviário

O modal rodoviário é feito através de ruas, estradas, rodovias, com ou sem pavimento. É um tipo de modal mais utilizado em transações internas, mas também pode ser utilizado nas importações aos países vizinhos.

Principais equipamentos: caminhões (aberto, baú, plataforma, tremonha, refrigerado, tanque, graneleiro), semirreboque e carretas.

Prós: tem um excelente custo benefício para movimentação de cargas com baixo volume, que necessitam de movimentação rápida em curtas e médias distâncias.

Contras: não é recomendado para longas distâncias devido a questões de segurança (roubos e acidentes), estado de conservação das vias e alto custo dos combustíveis.

 

Modal Ferroviário

O transporte ferroviário é feito através de vias férreas (sobre trilhos). No Brasil esse tipo de modal é muito utilizado em transações internas até os portos. Já em muitos outros países esse modal é muito utilizado em médias e longas distâncias.

Principais equipamentos: vagão (silo, cisterna, frigorífico, calorífico, coberto), locomotiva (a vapor ou não, diesel, elétrica), automotora.

Prós: transporte terrestre mais seguro, baixo custo, atende mercadorias com alto volume.

Contras: não pode ser implantada por etapas, uma linha férrea só entra em funcionamento quanto está completa, além disso é necessário um alto investimento em infra-estrutura, já que o peso dos comboios influencia muito no desgaste das linhas férreas.

 

Modal Aquaviário

Esse tipo de modal circula através de rios, lagos e mares abertos, é o transporte mais comum para a importação. Cerca de 90% das mercadorias chegam em nosso país por meio desse modal.

Principais equipamentos: navios (tanque, petroleiro, frigorífico, porta-contentores, cargueiros), pequenas embarcações, rebocadores.

Prós: seguro, confiável, ideal para longas distâncias e grandes quantidades, bom custo benefício.

Contras: lentidão, maior tempo de descarga, distância dos portos em relação ao local de entrega final do produto.

 

Modal Aéreo

O modal aéreo acontece pelos ares e costuma ser chamado de transporte de urgência e também é muito utilizado para mercadorias de alto valor.

Principais equipamentos: aviões e helicópteros.

Prós: rapidez, seguro, eficiente para transportar produtos como jóias, remédios e flores.

Contras: alto custo, não comporta cargas com volume elevado.

 

Modal Dutoviário

O modal dutoviário é feito através de dutos (tubos), é muito utilizado para transporte de líquidos e gases, comporta grandes volumes em longas distâncias entre cidades, países e até continentes. Os produtos se movem através de bombas ou compressores.

Principais equipamentos: dutos.

Prós: rapidez, eficiência e segurança.

Contras: transporta somente alto volume e tipos específicos de produto.

 

Transporte Intermodal

O transporte intermodal é quando utiliza-se dois ou mais modais de transportes para realizar o processo completo de importação ou exportação.

Podemos afirmar que praticamente todas as cargas que entram no Brasil via modal aéreo e aquaviário trabalham com transporte intermodal.

 

Após chegar no Brasil é necessário que a carga seja transportada até o destino final, é aí que entram os modais rodoviários.

Quer saber mais sobre Modais de Transporte? Continue acompanhando nosso Blog!

 

Baixe nosso eBook gratuitamente sobre DUIMP