fbpx

Quem está pensando em importar, precisa saber quais os problemas que os despachantes aduaneiros podem resolver, já que importar produtos para o Brasil não é uma operação simples.

Em nosso país temos uma legislação complexa que, quando não cumprida adequadamente, leva a aplicação de multas e outros problemas para os importadores.

É para lidar com a rígida fiscalização na entrada de cargas advindas do exterior que existem os despachantes aduaneiros.

Os despachantes aduaneiros são profissionais contratados para prestar assessoria a importadores e exportadores a fim de que não haja empecilhos em transações de comércio exterior.

São profissionais registrados junto à Receita Federal que conhecem bem as leis de importação e exportação, bem como a rotina e logística de portos e aeroportos.

Sua contratação não é obrigatória para se fazer uma importação, mas seus serviços são altamente recomendados aos importadores que desejam fazer um negócio rápido, seguro e livre de problemas.

Havendo a possibilidade de escolher se contrata ou não um despachante aduaneiro é importante sabermos quais são as funções deste profissional e quais são os problemas que os despachantes aduaneiros podem resolver.

 

Como trabalha o despachante aduaneiro?

Vamos entender o funcionamento do trabalho e os problemas que os despachantes aduaneiros podem resolver.

A principal função de um despachante aduaneiro na importação é prever quais problemas seu cliente pode vir a enfrentar quando a carga desembarcar e for inspecionada pela alfândega e, com medidas preventivas, evitar estes problemas antes que eles ocorram. Contudo, o profissional também tem de ser capaz de resolver problemas que possam surgir, mesmo com toda a precaução tomada.

É também tarefa do despachante aduaneiro representar seus clientes junto à fiscalização alfandegária, mas o que mais se fala da função deste profissional é sobre a documentação necessária para se realizar uma importação.

 

A função preventiva do despachante aduaneiro

A principal função preventiva de um despachante aduaneiro é fazer o levantamento de todos os documentos que serão necessários antes, durante e após o embarque e desembarque da carga importada.

A falta de documentos leva a multas e atrasos na entrega, sem contar que há sempre o risco de a carga ficar apreendida na alfândega.

É necessário que o profissional contratado conheça bem a carga que será transportada, pois diferentes mercadorias requerem diferentes documentos.

Por exemplo, há produtos que requerem uma certificação especial da Anvisa, do Inmetro, do IBAMA ou de outros órgãos fiscalizadores; e o despachante aduaneiro precisa estar a par das necessidades de cada tipo de carga e de cada situação para providenciar a documentação necessária.

Conhecer a carga ainda é importante porque também é tarefa do despachante aduaneiro organizar adequadamente a logística de transporte da carga recebida.

O despachante aduaneiro mantém contato constante com o porto, Receita Federal, transportadora etc. para saber o status da carga e agir o mais rápido possível caso surja algum imprevisto, reduzindo assim a chance de haver algum atraso na entrega da mercadoria ao destino final.

Sabendo quais são os problemas que os despachantes aduaneiros podem resolver, não é difícil imaginar porque seus serviços são tão recomendados em importações, por mais que não sejam obrigatórios a quem deseja importar.

 

Conte com a FIRST e tenha sucesso na sua importação

O processo de importação de produtos para o Brasil é delicado e não permite erros, a negligência ou desconhecimento em qualquer aspecto pode ser o início de um grande transtorno e prejuízo para o importador.

Tendo em vista a prevenção e resolução de diversos problemas, aumentando expressivamente a taxa de sucesso da importação, podemos entender o despachante aduaneiro como um investimento necessário, embora não obrigatório.

Se você quer uma experiência de importação, segura, rápida e com custo adequado entre contato conosco e saiba mais!