A ineficiência no processo de gestão da importação pode acarretar em atrasos impactando seu planejamento estratégico e até mesmo gerando custos desnecessários.

Então como evitar atrasos nas importações? Primeiro vamos entender alguns dos principais motivos de atraso.

Porque sua a importação pode atrasar?

Os motivos para sua importação atrasar podem ser diversos:

Razões externas (que você não terá controle): Extravios de mercadoria, roubo de mercadoria, desastres naturais, greves no país exportador, algumas mercadorias mesmo estando totalmente dentro da legalidade, podem ser parametrizadas no canal vermelho se a empresa estiver realizando a sua primeira importação.

Razões Internas (aquelas que você pode e deve evitar): Tributação errada, NCM incorreta, atraso no desembaraço aduaneiro, preenchimento incorreto de documentos, falta de documentos, falta de assinatura em documentos, falta de planejamento, falta de conhecimento especializado.

 

Como evitar o atraso na importação?

Alguns cuidados podem ser tomados para que sua carga não atrase:

1.   Siscomex

Mesmo que não seja você a realizar o processo completo de importação é interessante ter o Siscomex instalado na sua empresa, assim poderá evitar atrasos na importação pois poderá obter informações a respeito do desempenho do seu representante legal acompanhando o cumprimento dos prazos.

 

2.   Licenciamento Não Automático

Antes do embarque do produto é de suma importância verificar se é preciso realizar o Licenciamento Não Automático, uma carga não licenciada atrasará o despacho aduaneiro na chegada da importação no Brasil.

 

3.   DI

Um dos itens mais importantes para evitar atrasos na importação e o preenchimento correto da Declaração de Importação.

Preste muita atenção ao preenchimento dos seguintes itens e evite retificações que terão como consequência o atraso na liberação da mercadoria:

  • Número da presença de carga
  • Despesas que não tenham sido incluídas no conhecimento de transporte
  • Incoterm correto
  • Fatura comercial com a assinatura do exportador
  • Descrição da mercadoria na DI, LI e fatura comercial devem ser compatíveis
  • Peso bruto tem que ser correspondente na DI e conhecimento de transporte
  • Para casos em que a mercadoria forem maquinários incluir o número de série e modelo do produto.
  • Se houver recolhimento de alguma multa deverá ser incluída nos dados complementares da DI

 

4.   Admissão temporária

Para evitar atrasos na importação em casos de admissão temporária será necessário informar nos dados complementares da DI o número do RCR – Requerimento de Concessão do Regime.

5.   NCM

A Nomenclatura Comum do Mercosul é um dos pontos de cuidados para evitar atrasos na importação. Os produtos devem ser classificados da forma correta para que os impostos corretos incidam na carga.

 

6.   Conferência física

O momento mais esperado para o importador chegou! Para evitar atrasos na importação nessa etapa do processo, se possível, é importante a sua presença pontual para acompanhar a conferência física da carga no recinto alfandegado.

 

7.   Canais vermelho, amarelo e cinza

Se a sua carga for parametrizada nos canais vermelho, amarelo ou cinza significa que sua mercadoria carece de algum tipo de fiscalização. Isso por si só gerará algum atraso, para que ele não se torne maior é importante a agilidade na apresentação de documentos que sejam solicitados.

Gostou das dicas de hoje? Deixe seu comentário!